sexta-feira, 21 de agosto de 2015

CIO




Eu estava com muito tesão. Acordei no meio da noite suada e com vontade. Fui para a hidromassagem, levando os meus brinquedinhos do amor. Meu banheiro é espaçoso e com espelhos grandes por todos os lados. Num streptease sensual observei: minhas curvas generosas, meus seios grandes e empinados, minhas pernas grossas, meus pés com unhas bem cuidadas, meu rosto anguloso, meus olhos azuis ardentes e minha boca entreaberta.

Comecei a passar as mãos de unhas longas pelo meu ventre até o púbis, notei que alguns pêlos já estavam brotando, tinha feito depilação há apenas três dias. Peguei um barbeador e sentei na beirada da banheira. Passei a loção espuma no meu sexo e fiquei excitada com o toque no clitóris. A lâmina deslizou pela pele bronzeada causando-me um arrepio, decidi ficar carequinha. Quando terminei, o aparelho estava coberto de pêlos, espuma e baba que escorria da minha vagina excitada. Entrei na banheira.

A sensação massageadora da água na minha buceta lisinha, fêz-me gemer baixinho, desejando uma língua para me levar ao paraíso. Fiquei de costas abrindo as pernas e toquei meus lábios vaginais. Esfreguei de leve e depois com ardor. Lambi os bicos dos seios, tentando mordê-los. Meti dois dedos na minha grutinha melada enquanto com a outra mão batia no grelo. Já gozei várias vezes assim, só batendo, dá um tesão danado. Quanto mais eu batia, ficava mais excitada. A abertura da vagina ia ficando cada vez mais larga e rosada. Não pensava em ninguém e ao mesmo tempo em todas as mulheres e todos os homens que já havia trepado. Fui ficando impaciente com o corpo pedindo gozo e ao mesmo tempo querendo prolongar a sensação gostosa anterior ao prazer.

A masturbação silenciosa foi dando lugar a gemidos, e soluços entrecortados por palavras. - Quer gozar, quer? Falava olhando pro espelho e imaginando alguém ali. Levantei e fiquei de cócoras de frente pro espelho. De vários ângulos, senti um tesão absurdo vendo a buceta dilatada e com o grelinho duro, estiquei os babadinhos até dobrar de tamanho e bati de novo bem em cima. Gritei de dor. Senti vontade de roçar em outra mulher, de sentir-me sugada e penetrada por um homem gostoso e forte. Gemi procurando uma posição melhor.

Prendi um pênis, grosso e curto na borda da banheira e senti os músculos internos darem passagem, encaixei meu sexo ali. Liguei o vibrador e o membro de silicone começou a mexer gostoso dentro de mim. Mudei de posição. Impaciente, sentei numa cadeira levando o membro engatado em mim. Imaginei um homem da boca gostosa e de língua grande chupando meu grelo que já estava enorme. - Ai, que tesão! - Vem amor, come meu cuzinho! Queria agora dois machos, me amando. Peguei um membro pequeno e meti no meu rabo que estava pegando fogo.

Na minha gretinha chorosa um cacete de 22 cm, com vibrador em forma de joaninha na parte de cima, as duas patinhas prendem o grelo e a sensação é êxtase puro. Fechei os olhos. Aumentei a velocidade das vibrações e meu cú deu várias piscadas, expulsando o consolo pra longe. Eu já estava gozando e dei um gemido infeliz. Imediatamente, substitui por dois dedos.

Esfreguei as patinhas da joaninha no meu clit, enquanto aumentava a velocidade do vibrador, gozei imediatamente. Foi um prazer solitário, mas intenso e arrebatador, gritei explodindo toda a tensão interna, em lavas quentes que saiam de dentro de mim, acalmando minhas entranhas. Estremeci mais uma vez, enquanto tirava o membro lambuzado de meu prazer.

Acariciei a bucetinha dengosa, passando os dedos em cima do grelinho sentindo os últimos espasmos. Tomei um banho relaxante e voltei pra minha cama saciada parcialmente, pois sentia necessidade de um corpo quente e firme invadindo-me de todas as maneiras.

Desci minha mão até a minha buceta e comecei a me masturbar me imaginando naquela situação. Eu enfiava o dedo na minha buceta um pouco e depois massageava o meu clitóris imaginando que ele estava sendo chupadinho. Pra completar, comecei a alternar enfiando outro dedo no meu cu. Comecei a gemer feito uma cadela, repitindo aquele círculo gostoso: dedo na buceta, massagem no clitóris e dedo no cu. Fiquei maluca imaginando meu homem fazendo aquilo comigo, que gozei mais rápido do que eu queria, gritando e me contorcendo no sofá feito uma cadela.

 

2 comentários:

Conte sua fantasia