sexta-feira, 11 de outubro de 2013

SEXO NA REPÚBLICA DE ESTUDANTES

Gente querida :
Faz tempo que não posto nada. Como sempre, to pedindo paciência prá vocês, não me esqueçam não, quando puderem, me escrevam, contando suas sacanagens..
No post de hoje, mais um relato do amigo Gil.. Já pedi a continuação..o email dele vcs já sabem : caagil@ig.com.br. O meu é gabrielnarcisosantos@bol.com.br.. Beijos a todos.. Divirtam-se :

*

Em 2 de outubro de 2013 14:48, carlos gil <caagil@ig.com.br> escreveu:

        Sexo na Republica de Estudantes

a01


        O que passo a contar agora aconteceu realmente comigo,quando eu era estudante de engenharia, e conheci uma garota que estudava Farmacia, a Cris,linda gata, e acabamos nos conhecemos no campus e ela foi convidada para participar da festa na minha republica, onde eu era conhecido como o rei das caipirinhas de limão.
        Essa garota ia toda hora na cozinha buscar caipirinha, e eu fazia sempre uma especial pra ela, e antes de entregar a ela eu fazia a prova. A garota ficou de pileque, e ja na 3 caipirinha estava nos meus braços, no beijamos loucamente, e acabei alisando os seios dela na cozinha, e nao passamos disso ali.
        Quando quase todos foram embora, consegui levar ela pro meu quarto, e acabamos transando loucamente, sem camisinha, ela me chupou como eu nunca tinha sido chupado, ela lambia o saco, chupava forte minhas bolas, e as engolia depois lambia meu anus virgem e eu arrepiava de tanto tesao.
        fizemos um 69 gostoso enquanto eu chupava sua xaninha lisinha toda encharcada de melzinho, ficamos assim por muito tempo esperimentando nossos corpos.
        Transamos no papai e mamae, de 4, enfim trepamos ate na beirada da cama, e gozamos 3 vezes, e ela dormiu na minha cama.
        De manha ela me acordou com uma chupada muito gostosa, e transamos 2 vezes antes de levantarmos e procurar algo para almoçar. Ficamos muito intimos e acabamos virando namorados, e ela vinha sempre as sexta feiras pra minha republica e faziamos amor deliciosamente.
        Ela mudou se de republica e foi morar com uma colega de curso, so as duas, e ai foi o que eu queria, mas a garota tambem tinha um namoradinho, e quando cada casal no seu quarto transava, todos escutavam, pois a minha e a dele chegava a gritar e tanto foder na pica.
        Minha namorada não fazia anal comigo ainda, e eu tinha um tesão louco naquele cuzinho, o maximo que eu fazia era lamber.a02
        Quando estavamos os dois casais na sala assistindo televisão, eu nao conseguia tirar o olho da Junia, a amiga da Cris, e quando via seu namorado alisando as pernas e seus seios meu pau endurecia muito, e quando eu ia pra cama com a Cris, fodia ela tendo o tesão pela Junia, e assim foi por muito tempo.
        Pra aumentar o meu tesão, um dia entrei na casa e vi os dois fodendo gostoso encostados na pia do banheiro, ela de frente pra ele, sentada na pia, e ele socando gostoso nela, e chupando os seios enormes dela.
        fiquei assistindo tudo, tirei meu pau pra fora, e me masturbei gostoso, quando de repente minha namorada sai do quarto e me flagrou punhetando.
        Ela ficou brava comigo, pois ela achou que eu não deveria ter feito aquilo, e que isso era uma falta de respeito com o casal, e inclusive conosco, e que se eu estivesse com tesão ela iria me satisfazer. Agarrei ela e corremos pro quarto, tirei a roupa dela com força e brutalidade, que ate assustei a menina, quando consegui tirar a calçinha, ela me fala que estava menstruada, e que não poderia dar pra mim, e que so iria me chupar, Então ela me fez uma chupeta deliciosa, e eu insistindo pra comer o cuzinho dela, ate que ela sedeu.
        ela deitou se de bruços e eu dei uma lambida no cuzinho virgem dela, encostei a cabeça do meu pau toda melada na entradinha, e fui forçando, ela gemia de dor, e me mandava parar, e eu insistindo e colocando cada vez mais pra dentro.
        Ela me empurrou e começou a chorar, dizendo que doia muito, e eu com pena da garota, me sentei na cama, e tambem fiquei triste.
        Ela vendo a cena, e percebendo que meu tesão não apagava, me mandou deitar, e apagou as luzes do quarto, e veio em minha direção e foi sentando em mim.
        encaixou a cabeça da minha rola na portinha do cu dela, e ficava melecando o anus com a baba da minha pica e com guspe da boca dela, e assi foi encaixando e meu pau foi engolido pelo anus dela.
a03         Eu completamente parado na cama e ela se ajeitando gostoso, ate que ela começou a gemer e a me cavalgar.
        Não me contive abraçei a Chris e disse que se ela continuasse eu iria gozar, e ela assim fez, rebolou ate que gozei dentro do cuzinho virgem dela.
        Ela saiu de cima de mim, e foi acender a luz do quarto, e quando olhamos a cama estava cheia de sangue, a bundinha dela toda machucada. Ela se desesperou e chorou, e saiu correndo pro banhero ainda nua, e eu sai atras dela tambem pelado e de pau ainda duro.
        Quando entramos no banheiro o casal amigo ainda estava transando, mas dessa vez sentamos dentro do box, tomando banho.
        Todos se assustaram, e não teve como nao reparar no casal, ele um rapaz forte, com um pau do tamanho do meu, e ela uma garota linda e deliciosa sendo enrabada de 4 no box. A amiga dela perguntou o que tinha acontecido, e a Chris contou tudo, e ela consegui acalmar a minha namorada, e a abraçou, e ficamos os 4 pelados dentro do box.
        A Chris e lavou, com a ajuda da Junia, e depois ela me abraçou, e eu pedi perdão a ela por ter machucado.Ela chorou nos meus braços, e quando olhamos pro lado o outro casal estava transando gostoso novamente nos abservando, e reparamos que eles estavam sentindo tesão pelos nossos corpos.
        Posso continuar?