quarta-feira, 13 de junho de 2012

A GORDINHA GOSTOSA

gordinha gostosa atendo no centro santa cecilia hotel e motel me ligue sao paulo sp brasil__78B132_1

Paula e Marco eram meus colegas de trabalho. Todos os dias a gente almoçava juntos e acabamos ficando amigos . ..Paula era uma gordinha muito gostosa..tinha uns 37 anos, cabelos negros e belos olhos azuis,era farta,de coxas grossas e seios grandes,uma bunda enorme e maravilhosa, me deixava louco de tesão..Ela era casada e tinha dois filhos que eu conhecia por fotos....Marco também era casado,meio machista,mas muito simpático e falante. Marco tinha fama de cafajeste,e acho que era por isso que já tinha saído com muitas meninas da empresa. Dava pra perceber que Paulinha também estava interessada nele.E eu interessado nela,mas,pelas circunstâncias,ficavamos apenas nas cantadas sutis e piadinhas. Além da minha timidez, estava faltando oportunidade.

Até que um dia um colega de trabalho comemorou o seu aniversário numa balada. Todo mundo foi convidado. Minha esposa estava viajando e eu fui sozinho,esperando que aquela festa fosse minha oportunidade.
Fiquei meio decepcionado quando vi que Paula estava na festa com o seu marido,um gordinho muito simpático. Marco estava com a esposa e eu fiquei na mesa com eles.

Rimos,conversamos,bebemos um pouco...á medida que o tempo ia passando,fomos ficando um pouco altos e nos soltando. Principalmente Paula e o marido que bebiam mais que do que nós.
Uma certa altura,no meio da noite, Paula se levantou e disse que estava com vontade de dançar..Estava visivelmente alta,quase bebada. Seu marido estava totalmente embriagado e disse que não gostava de dançar. Paula então me pegou pela mão e me pediu pra dançar com ela,

Estava tocando um forró,eu não sei dançar muito bem,ela me sorriu e me deu algumas dicas. Ela se encostou em mim,eu a segurei,ela se colou no meu peito,estavamos agora colados e,eu,todo excitado,roçava nela,Paulinha se deixou levar,a minha mão descia pelas suas costas e eu a apertava contra mim.

Não havia sorrisos,nem palavras,nem olhares,a face dela encostada na minha,colados,o clima estava delicioso,a música era rápida mas meus movimentos eram lentos,estavamos quase parados,ela roçava os seios no meu peito,e meu pau estava muito duro,dei um tímido e suave beijo junto da orelha dela,depois no rosto,eu estava louco de tesão,queria comer Paula ali mesmo,se ela me desse.

Mas a música parou e ela se soltou de mim. Ficamos parados,um em frente ao outro,eu esperava outra música,agitado,de pau duro,ela ficou me olhando.
De repente,Marco veio e a abraçou por trás,passando a mão pela cinturona dela e a encoxou.Falou alguma coisa no ouvido dela,ela olhou pra ele, sorriu e os dois sairam,para um canto mais escuro do salão.

Fiquei uns segundos ali parado,me sentindo idiota,frustrado,excitado, com raiva e com ciúmes. Voltei pra mesa,o marido de Paula estava muito bebado,quase dormindo na mesa.A mulher de Marco levantou-se,dizendo que ia ao banheiro e depois ia procurar o marido. Bebi um pouco,meio tonto,sem saber o que fazer.

Uns 20 minutos depois fui para o banheiro. Marco entrou logo depois,ficou urinando do meu lado. Senti que ele esperava que eu perguntasse alguma coisa,eu não disse nada,olhando pra frente,então ele falou: ' Gabriel,acabei de gozar gostoso agora.'..Levei um choque,ele continou :" A Paula chupou meu pau lá no canto,até eu gozar na boca dela..'..que putinha,chupa muito gostoso,a vadia...". Lavou as mãos e saiu,eu nem respondi,nem disse nada.. Agora eu tinha ficado com mais raiva e com mais ciúmes ainda.

Voltei pra mesa,decidido a ir embora. Estava pensando em nunca mais falar com a Paula,nem com o Marcos, filhos da puta,eu pensava,remoendo minha inveja e frustração.

Cheguei na mesa,Marco e sua esposa já estavam indo embora,o marido de Paula estava debruçado na mesa,praticamente dormindo e Paulinha estava tentando acordá-lo. Me olhou, tipo pedindo ajuda.

Por instinto,acabei perguntando se podia ajudar.Ela me pediu pra ajudar a levar o marido até um taxi. Eles tinham vindo de carro,mas ela não sabia dirigir. A filha da puta estava tão bonita,tinha um rosto tão lindo que eu mesmo sem querer acabei me oferecendo prá levar os dois em casa.

No caminho,Paula ia com o marido no banco de trás do carro,ele ia deitado no seu colo,ela me agradeceu muito e depois me disse:' desculpa,Gabriel,'
Eu perguntei porque ela estava se desculpando. Ela abaixou os olhos e disse :' você sabe..eu faço tudo errado mesmo..'.. Ela não disse mais nada. Depois de um bom tempo, quando estavamos quase chegando eu lhe disse: ' tudo bem,voce fica me devendo uma dança'.

Chegamos na casa dela,ajudei-a levar o marido pra dentro,colocamos ele na cama,eu ainda estava com raiva dela,e mais de mim mesmo por ter sido tão bobo. Depois do que ela havia feito eu ainda a trouxe em casa e tudo.
Me despedi, ela abriu a porta , murmurou "obrigada", mas não me olhou e entrou..

Eu já estava indo embora ,sem querer ir, quando percebi que ela tinha deixado as chaves do lado de fora da porta..

Peguei a chave e toquei a campainha... Ela abriu a porta e me viu ali , com a chave na mão " voce esqueceu a chave do lado de fora "eu disse... Sem dizer nada , ela me abraçou e começou a chorar...estava com a mão no meu pescoço e começou a chorar apertada ao meu ombro..eu não sabia o que fazer..tentei dizer umas palavras , mas ela parecia nao ouvir, apenas chorava...' me desculpa, ela disse, faço tudo errado'.

Ela me disse que estava morrendo de vergonha...depois disse que estava carente, que seu marido não lhe dava atenção que seus filhos não ligavam pra ela..E me agradeceu por ter sido compreensivo com ela.. Dizia tudo isso, entre prantos...Eu tentei acalmá-la e passava as mãos pelos seus cabelos...ela começou a chorar menos e eu disse a ela que tudo ia acabar bem e beijei a testa dela..depois beijei o rosto..limpei as lagrimas com as mãos e beijei o rosto dela

    Ela fechou os olhos e seguindo um impulso ,eu dei lhe dei um beijo na boca...Foi um beijo gostoso, ela tinha uma boca muito gostosa...tentei dar outro beijo mas ela me afastou, dizendo "não"..pedi desculpas e disse que ia embora...meu pau tava durissimo, dava prá ver pelo volume das calças..o pau tava tão duro que escapou da cueca ,pelo lado...ela me disse , não...não vai, gabriel...

    Eu disse tudo bem..sentei-me ao lado dela no sofá e começamos a conversar  e eu cada vez mais perto, falando suavemente com ela...Ela colocou a cabeça no meu ombro e ficou um bom tempo quieta,comigo só acariciando a cabeça dela.

Até que dessa vez foi ela quem procurou a minha boca .Nos beijamos muitas e muitas vezes e eu comeci a passar a mão nela, parecia um polvo com vários tentáculos,  eu estava louco de tesão por aquela gordinha...eu a apertava, puxava, comecei a abrir sua blusa, alisando suas enormes coxas, e comecei a levantar sua saia acariciando cada parte daquele farto e apetitoso corpão.Ela não resistiu, A essa altura, eu já beijava seu pescoço, seu colo e tirei sua blusa e soltei seus seios enormes, beijando , lambendo e mordendo seus mamilos completamente inchados.

Desci a lingua pela sua barrigona e levantei a sua saia , puxei sua calcinha pro lado e quase enlouqueci quando vi sua bucetinha. gordinha.. de grelos grandes,,toda raspadinha, só com pelos em cima e bem pouquinho ,comecei a masturbar sua buceta enquanto nos beijavamos que nem loucos.. eu chupava seus peitos com força, arranquei sua calcinha com tanta força que quase a rasguei, eu disse que estava com tanto tesão que não conseguia me controlar.. "nem eu," ela disse...

    Abri bem suas pernas e comecei a chupa-la : colocava a lingua la dentro, mordiscava seu clitoris, enfiava dois dedos na sua buceta, ela se contorcia quase enlouquecida. ela pedia para eu enfiar mais os dedos ..eu dei um banho de lingua na sua buceta e nos seu cu.. ela rebolava na minha boca,.e finalmente gozou..gozou, se contorcendo e gozou de novo...

Se esticou no chão..jogadinha...com a respiração cansada...eu me deitei ao lado dela, beijando seu rosto e sua boca, com o pau duro apontado para o teto...So então me dei conta de que estavamos pelados..ficamos tão enlouquecidos que tiramos a roupa sem perceber...

    Bem, passaram-se algunns minutos e ela veio me beijando..começou a beijar meu peito todinho, eu me arrepiei e ela começou a chupar meu pau...Colocou a cabecinha na boca, ela cuspia nele, lambia ele todinho, foi descendo , chupou meu saco, abriu minhas pernas e foi descendo, chupou uma bola de cada vez, eu estava louco de tesão...eu gemia e dizia :" que booocaa, que dellliciaa, que tesãããããoooo".” isso foi incentivando ela mais ainda.. meus gemidos já estavam se tornando quase urros, eu segurava no cabelo dela, ela foi se virando e sentou sua buceta na minha cara e fizemos um 69 delicioso...Ela deslizou , sentou em cima de mim e foi descendo, fazendo sua buceta engolir o meu pau, eu fiquei louco do jeito que ela mexia em cima de mim...ela sentou de cocoras e ficava colocando e tirando o pau da sua buceta...ficou se mexendo devagar e se masturbando...de repente, gritou:  " vou goooozarrr, vou gozaaarrrr..vou goozar...." e ficou gemendo e pulando no meu pau, bombando sua buceta até que eu não aguentei e esporrei dentro dela...Ela saiu de cima de mim e nos deitamos lado a lado,até nossa respiração voltar ao normal.

Ela se levantou,trancou a porta do quarto onde estava seu marido,ficamos nos acariciando,por um bom tempo,nos beijamos,depois  ela virou-se de costas pra mim e comecei a lamber e a beijar e a chupar suas nadegas,,suas Coxas.,acariciar sua bunda e dei uns tapinhas..."quero comer seu cú, eu disse",ela sorriu e disse que não, então fiquei apenas acariciando sua bunda , balançando suas nadegas,, apertando e beijando..percebi que ela colocou a mão no meio das pernas e começou a se masturbar devagarinho..

    Depois de lamber e mordiscar suas nadegas..comecei a dar tapinhas na bunda dela...primeiramente timidos e fracos,em seguida aumentei a força das palmadas .Ela se masturbava loucamente se contorcendo, eu aproveitei os movimentos dela e bati com mais força...segurei firme na sua bunda e comecei a chupar seu cuzinho, enfiando e tirando a lingua e enfiei então um dedo no cuzinho dela...
    Comecei a beijar e a lamber suas costas e a me deliciar vendo-a se contorcer de prazer..
    Louco de tesão como eu estava, eu me posicionei por cima dela  e quis foder também o cuzinho dela, e eu fodi o rabinho dela devagar,e firme..puxei-a pelos cabelos,fazendo a curvar as costas e empinar mais a bunda,facilitando o meu trabalho.Comecei a dar tapas também na sua bunda e a aumentar o ritmo da penetração..Se masturbando com rapidez, ,Paula gemia :"vc está me deixando louca ",e foi pedindo mais: "mais me fode mais, arromba meu rabo, quero ser sua puta, sua piranha,"..muito louco agora eu fodia de verdade seu rabo,puxando seu cabelo,chupando seu pescoço e ela gemia, urrava de prazer : "isssssssssssssoooooooo ,isssssssssssssoooooooooooooo, fodeeeeeeeeee, fodeeeeeeeeeeeeeeee gostoooooooooooosoooooooooooooooo, ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, asssssssssssimmmmmmmmm, mmmmmmmmmmmaiiiiiiiiiiiiiiiissssssss, noooossssssssssaaaaaaaaa, que gostosooooooooo,.." Não demorou muito e ela gozou na masturbação . Parei de me mexer,sentindo ela gozar.

    Ela se virou pra mim e me beijou bastante e me punhetou gostosamente e disse que queria mais : " quero mais..quero mais...me fooodee..."..ficou de ladinho e e eu comecei a enfiar o pau de novo no seu cú, ela pedia para eu ir devagarinho, dizia que estava adorando...Logo que entrou a metade, ela se virou de quatro de novo e arrebitou o cú e implorava para eu foder, eu pedia que ela gritasse , me xingasse, eu batia na sua bunda, eu fodia, eu xingava...eu comi seu cu em todas as posições, ela de frente pra mim, em cima de mim ,eu nunca tinha comido um cu desse jeito, eu repetia a toda hora que nunca tinha comido um cu como o dela..eu a beijava como louco, estava alucinado de tesão..Ela me deu o cú ao mesmo tempo em que se masturbava novamente ..cada vez que mudavamos de posição eu socava o pau no  cú dela até o fim...
    Finalmente eu senti um arrepio e anunciei pra ela que ia gozar...segurei pela cintura e puxei e disse : "vou encher seu cu de   porra sua vadia....." Gozei gostosamente,colado nela até o último espasmo.

Depois ela me olhou com um olhinho tão lindo e me beijou de um jeito tão delicioso,que me deu vontade de ver ela gozando novamente..

Acaricei bastante a sua buceta,esfreguei bem o seu grelinho,beijando sua boca deliciosa.Senti pelos gemidos que ela estava ficando excitada de novo. Massageando seu clítoris,notei que ela se umedecia. Então abaixei-me e comecei a lamber suas coxas e os labios da buceta,enfiei dois dedos na sua buceta,masturbei ela enquanto mamava no seu grelo,ela gemia e se contorcia até gozar.

Depois nos deitamos, abraçados e ficamos trocando carinhos e beijos
Não vi o tempo passar,até esqueci onde estava.Felizmente o marido dela não acordou.

    Foi assim que me apaixonei pela Paula, uma gordinha deliciosa e sempre que podemos, nos encontramos, as vezes, até só prá trocar uns beijinhos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte sua fantasia