quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Minhas novas experiências I

Bom, isto aconteceu a pouquissimo tempo comigo e o meu namorado.

Todos os fatos que serão relatados aqui são realmente verdade pois eu me comprometi ha anos atras que teria aventuras sexuais só para poder descrevê-las ^^

Eu tenho 20 anos,moro em salvador-ba, tenho 1,55 de altura, peso 49 kg, sou morena, cabelo curto e encaracolado, tenho uma tatuagem enorme nas costas e o meu corpo é realmente muito atraente, pode parecer magra mas a minha médica costuma dizer que eu sou uma falsa magra pois tenho pernas grossas, principalmente a panturrilha, bunda bem redondinha e avantajada, somente os meus seios é que são pequenos (até demais pro meu gosto).

Ha exatamente dois meses comecei a namorar com um rapaz ( vou me privar de nomes ok?!). Ele tem 19 anos, é de cor clara ( nuca gostei muito de homem mais claro que eu, mas foi o jeito né rsrs) cabelo estilo moicano lidinho, tem um corpo atlético lindo de dar inveja a qualquer marmanjo, braços fortes, seu único defeito ta em esquecer de malhar as pernas.

Ele sempre foi muito respeitador comigo coisa que eu sempre adimirei. Sendo que eu sentia falta de alguma coisa em nossa relação. Quando nos beijava-mos ele nem se quer pegava na minha bunda e eu nunca achei isso normal e ficava pensando: "ele deve estar com receio e vai esperar eu dar algum sinal para ele poder avançar." Foi o que eu fiz. Como nós moramos longe um do outro (ele mora no interior do estado) nos falamos bastante por celular e então um dia perguntei a ele:

Eu - Amor, por que você não me toca?

Ele - Te tocar? Você fala de...

Eu - É amor.. quando agente namora você nem se meche direito, fica todo duro. Por que?

Ele - Não sei. Acho que por respeito a você. Mas se você quiser eu posso mudar.

Eu - Eu quero que mude. Quero sentir você.

Ele - Não se preocupe. A partir de hoje vou tratar você diferente. Mas eu posso fazer o que eu quiser?

Eu - Bom, se eu gostar pode!

Logo após termos essa conversa começamos a nos falar mais por telefone e a falar mais sacanagem. Mas eu sempre fui muito timida pra falar essas coisas então fico meio enrolada e prefiro escrever então mando mensagens sacanas pra ele do tipo que vou chupar ele, mandando ele meter gostoso e tudo mais.

Nos fins de semana vou para onde ele mora, mas como sempre vou com minha irmã fico na casa do namorado dela que é primo do meu namorado.

Em um desses fins de semana após chegarmos de uma festa lá pras 2 da manhã, minha irmã e o namorado entraram em casa para dormir mas eu e o meu namorado ficamos do lado de fora da casa para namorarmos um pouco.

Como já estava tarde não tinha ninguem na rua então ficamos bem a vontade. De ínicio agente não sabia muito o que fazer então eu comecei.

Estavamos encostados no carro de meu cunhado ai eu fui beijando ele e acariciando o seu peito e finalmente ele começou a me acariciar. Comecei a beijar com mais paixão e mais forte, senti a respiração dele mudar e quase dava pra sentir o seu coração batendo acelerado. Ele começou a passar a mão entre as minhas pernas e eu as abri para que ele pudesse me tocar melhor, então ele tentou abrir a minha bermuda mas não conseguia. Eu abri para ele, ele colocou a mão por dentro da minha calcinha e começou a acaridiar a minha buceta com muito carinho. Eu já estava toda molhadinha quando ele colocou o dedo lá dentro e eu senti um pouco de dor então me afastei. Eu não sei o que eu tenho mas eu posso praticar sexo quantas vezes for e por quanto tempo for que minha vagina continua apertadinha e dói muito quando eu transo e tinha 10 meses que eu não praticava nenhum tipo de sexo desde que terminei com meu ultimo namorado então sim.. um dedo só doeu muito!!

Ele continuou me beijando abriu a bermuda e pegou a minha mão, eu já tinha entendido que ele queria que eu pegasse no pau dele então o fiz. Comecei fazendo carinho e depois já estava batendo uma punheta pra ele. Só que como estavamos no claro não dava pra fazer muita coisa ele então sugeriu que fossemos para o lado da casa onde não havia muita luz, eu fui. Assim que chegamos lá ele começou a me apertar contra o corpo dele e me beijar como louco e já não aguentava mais então cheguei no ouvido dele e falei:

Eu - Eu posso fazer uma coisa?

Ele - O que?

Eu - Você vai ver se deixar eu fazer. Você vai gostar. Deixa?

Ele - Claro!

Então eu tirei o pau dele de dentro da bermuda que ele tinha guardado quando mudamos de lugar, e fui me abaixando, beijando seu peito, barriga, virilha, até chegar no seu lindo pau. Realmente lindo!! Fiquei maravilhada com ele, tava cheio de veias e com a cabeça bem vermelha e inchada.

Comecei beijando , mordia de levinho, quando vi que ele já estava gemendo, enfiei na boca e comecei a chupar com vontade e o resto que não cabia na boca eu ficava punhetando. Ele pegava na minha cabeça e empurrava pra eu chupar mais e pra enfiar mais na minha boca.Ele gemia muito. Ele pegou minha cabeça e tirou do pau dele muito afoito, eu tomei um susto pois estava muito envolvida naquilo, mas quando levantei e olhei em seus rosto eu vi o porque. Ele tava de olhos fechados e respirando fundo então eu soube que ele ia gozar. Mesmo assim perguntei:

Eu - que foi? não tava bom?

Ele - Ah.. tava sim... eu que ia gosar.

Eu - e o quê que tem? a intenção não é essa?!

Ele na mesma hora abriu os olhos assustado e olhou pra mim com cara de quem não tava entendendo e perguntou:

Ele - você quer que eu...? Você tem certeza que...?

O coitado não conseguia nem terminar as frases.

Eu - você ta gostando meu amor?

Ele - MUITO!!!

Eu - então eu posso continuar?

Ele - PODE!!!

Eu desci novamente e comecei a chupar ele com mais vontade ainda. Eu nunca bebi a gala de um homem, essa ia ser a primeira vez e eu estava anciosa por isso.

Ai ele começou a gemer mais alto e mais rápido e começou a se contorcer como se quisesse tirar o pau da minha boca e ficou falando:

Ah.. eu vou gosar, eu vou gosar, eu vou gosar...

até que eu senti o seu pau pulsar dentro da minha boca e soltar um jato de porra dentro dela. De inicio tomei um susto, pensei que ia ficar enjoada e até pensei em cuspir, mas em vez disso eu continuei chupando ele e ai ia engolindo tudo. Era salgado mas sei lá, na hora achei uma delicia. Mas teve uma hora que parou de espirrar porra na minha boca, mas eu queria mais, então comecei a chupar mais e mais principalmente a cabecinha pra ver se saia mais e me deliciei quando saiu.

Ai eu levantei, guardei seu pau dentro da calça e olhei pra ele. Ele chega estava meio lerdo mas com cara de emocionado. Eu percebi que minha boca não estava suja, eu não deixei cair uma gora se quer e isso me deixou maravilhada e orgulhosa de mim mesma.

Eu - Viu meu amor, eu disse que você ia gostar. Eu não deixei cair nem uma só gota. Você ta limpinho.

Ele não conseguia dizer nada.Agente ficou so se abraçando até que eu resolvi entrar então ele me disse:

"Você é incrível sabia?!"

Nos despedimos.Entrei, tomei meu banho, escovei meus destes e fui dormir, isso já era 4:30 da manhã.

No dia seguinte continuamos a brincadeira, mas dessa vez foi melhor pois nós evoluimos um pouco. Conto isso na próxima postagem.

Obrigada pela atenção. bjus Marih

3 comentários:

  1. adorei seu conto. me deixou louco de tesão,minha imaginação foi a mil,me imaginei no lugar dele e aí.... bjs

    ResponderExcluir
  2. Muito gostoso, não tem nada melhor que ver e sentir o homem que esta com a gente gozar bem gostoso. Parabéns pela aventura e também pelo conto.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pessoal. Ainda tem mais para contar rsrs

    ResponderExcluir

Conte sua fantasia