segunda-feira, 15 de novembro de 2010

" Oiii!!!Pessoal,tudo bem???Aqui quem está falando á Beatriz e o Maurício,e vamos relatar o que aconteceu á alguns dias...Nos conhecemos no trabalho,e com isso
nos vemos todos os dias...E sempre rolou aquele tesão entre nós dois,aquela energia,aquela vontade de beijar
e agarrar,e morder... Um dia estavamos trabalhando em um sábado,chuvoso e caloroso,chegou a hora de irmos
embora,e como chovia muito,todos acabaram indo embora,alguns de carro,outros de carona,e alguns se
arriscaram á tomar chuva,só me lembro que acabei ficando sozinha c/ o Maurício...Olhei pra ele,e nossos
olhos se encontraram,e foi inevitável o beijo...Foi suave...Leve...E quente ao mesmo tempo...Foi subindo um calor,um tremor nas pernas...Então,o Maurício me
pegou pela cintura,e me apertou,pude sentir seu membro quente e duro crescendo,e parecia que não parava de
crescer...E os beijos foram ficando quentes,e cada vez mais o tesão aumentava...Sentia suas mãos quentes
percorrerem toda extensão do meu corpo,me c ausava arrepios,senti seus beijos irem descendo
juntamente c/ suas mãos,ele tocava meus seios,enquanto sua língua veloz corria meus lábios,e meu pescoço,senti suas mãos desabotoarem minha blusa,e sua
boca logo foi de encontro aos meus mamilos dando mordidinhas que me deixavam arrepiada e com mais
tesão, abaixei o seu zíper e toquei seu membro quente e latejante,e jamais imaginei que fosse sentir tanto
tesão por aquele mastro,não restiti e levei-o a boca,e beijei de leve,lambí toda extensão daquele membro que pulsava entre meus lábios,ele delirava pelo prazer que meus lábios lhe proporcionavam...De repente parei de sugá-lo,levantei-me,olhei-o,e continuei olhando-o enquanto tirava o restante de minhas roupas,ele não
tirava os olhos do meu corpo,o que me queimava por dentro,ele ao contrári não tru a roupa,e aquela situação me enlouquecia,ele me levou até a mesa,me
colocou sobre ela,e passou a acariciar meus seios que já estavam duros,e ele mordia os biquinhos dos meus seios  até chegava a doer,mas era uma dor mais do que desejada... Tirei sua camisa,e beijei seu
peito,enquanto ele me cariciava,arranhava suas costas e puxava seus cabelos,e ele respondia mordendo com
mais força os meus seios,parecíamos loucos,e na verdade éramos,um pelo outro...Ele afastou-se de mim,e
tirou rapidamente o resto de suas roupas,e pude ve-lo nu,seus ombros largos,sua pernas,sua bunda que eu sempre achei lindinha,me aproveitei da situação e dei
uma mordidinha nela,ele me pegou delicadamente e levou-me ao chão,imobilizou minhas mãos,e me beijava,me
lambia,me acariava,e me mordia,eu já não estava aguentando mais,queria aquele homem de todas as maneiras...Sentí sua lingua descendo pela minha barriga,e passou pela minha virilha,quiz fugir mas ele não deixou...Abriu minhas pernas,e começou a tocar-me,primeiro com os dedos,e logo depois com sua língua,
lambia o meu sininho com tanta determinação que parecia que eu ia explodir à qualquer momento, subia e
descia sua língua ve loz me deixando cada vez mais molhadinha... Parecia
que eu estava fora de mim,ele parecia querer me torturar, então parou e murmurava coisas obcenas em
meu ouvido, que eu era sua potranquinha e que ia me comer de quatro, até que não aguentamos mais, e ele veio primeiro por cima, começou a me penetrar, colocou
apenas a cabeça,e lentamente ia acariciando minha xoxotinha molhada, foi entrando bem devagarinho em
movimentos circulares, gemia em seus ouvidos, quando conseguiu me penetrar por completo,começou um vai-vem
devagarzinho, bem gostoso, que foi aumentando, aumentando até que parecia querer se fundir comigo, tornar um só corpo, e era forte e doloroso mais toda
dor e força não tem adjetivo pra explicar a energia daquele momento, e esta energia foi subindo, tomando conta de todos os sentidos, agora o nosso cheiro,
toque, gemiidos, tudo era prazer até que fomos gozando juntos, bem forte e deliciosamente... Não satisfeito
ainda, ficou me beijando bem de leve, corria fogo nas n ossas veias, como se todo desejo que tínhamos se concentrasse naquele êxtase maravilhoso que acontecia
á cada beijo...Agora tchau,por que já está começando á chover..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte sua fantasia