quinta-feira, 2 de setembro de 2010

MAMÃE ERA UMA PUTA – PARTE DOIS

mar_a_0005


MEU NOME ANA E NO MEU CONTO ANTERIOR DESCREVI EXATAMENTE O QUE ACONTECERA NA MINHA JUVENTUDE E QUE ME TRANSFORMARA NA VAGABUNDA QUE SOU HOJE E QUE ADORO SER.

COMO ESCREVI ANTES, EU HAVIA OBSERVADO MINHA MAE LUCIA, CHUPANDO O ENORME CACETE DO MEU PAI E NAO ESTAVA CONTENTE.DE REPENTE, ME DERA CONTA QUE OLHAR DUAS PESSOAS TAO PREOXIMAS NA INTIMIDADE HAVIA ME ENCHIDO DE TESAO E EU QUERIA MAIS E MAIS...
DE REPENTE, ME VI ESCUTANDO OUVIDO COLADO NAS PAREDES, TENTANDO PERCEBER QUANDO ELES FODIAM. PARA MINHA SURPRESA ISSO ACONTECIA DIVERSAS VEZES NA SEMANA E PARECIA QUE OS DOIS ERAM INSACIAVEIS... EU ESPERAVA ATE ALTAS HORAS DA NOITE QUANDO SABIA QUE ACONTECERIA E AI, ME ESPREITAVA NO CORREDOR E IA ATE O BANHEIRO QUE ERA COLADO AO QUARTO DOS DOIS E AONDE AS PAREDES ERAM MAIS FINAS. AGACHADA NO CHAO EU NAO PRECISAVA ESPERAR MUITO... QUASE SEMPRE COMEÇAVA COM UMA SESSAO DE GEMIDOS DE MINHA MAE E SUAS PALAVRAS INCITANDO O VELHO A CHUPAR SUA BOCETA. PELO JEITO O TRABALHO ERA DOS BONS POIS ELA REALMENTE NAO GEMIA, MAS ARFAVA E GRITAVA...AQUELA SESSAO PRELIMINAR ERA RECHEADA DE PALAVROES DELA MANDANDO O CORNO _ ELA O CHAMAVA ASSIM _ METER A LINGUA NA SUA XOTA ARREGAÇADA. DEPOIS ENTAO OS DOIS PARTIAM PARA A FODA.

mar_a_0003

ELE PARECCIA METER COMO UM POSSESSO, POIS A CAMA DOS DOIS SO FALTAVA ARREBENTAR DE TANTO QUE BATIA NAS PAREDES. OS PALAVROES NESSA HORA ERAM OS MAIS CABELUDOS: ELE A CHAMAVA DE PUTA E VACA E ELA DIZIA PARA ELE ARROMBAR SUA BOCETA SE ERA HOMEM. EU ENQUANTO ISSO ME MATAVA NA SIRIRICA. APERTAVA MEUS PEITOS, ENFIAVA OS DEDOS NA BOCETA E OS LAMBIA COM GOSTO, QTE GOZAR E CAIR NO CHAO FRIO DO BANHEIRO. AQUILO ERA DEMAIS E ESTAVA ME ENLOUQUECENDO.

CERTA NOITE ENTAO, FOI UMA LOUCURA QUANDO PUDE OUVIR CLARAMENTE MEU PAI ORDENAR A MAMAE: _VIRA DE QUATRO SUA PUTA! VOU COMER SUA BUNDA. _ELA É SUA QUERIDO..._RESPONDEU ELA_ ME ARROMBA O CU...ISSO...AFUNDA NELE....AHHHHHH! SOCA ESSE CARALHO! NAQUELA HORA ARREGALEI OS OLHOS. MINHA MAE DANDO AQUELE CUZAO DEVIA SER UMA VISAO MAGUINIFICA. PAPAI ENTERRANDO AQUELA TORA ENTAO..

.UI! NAO AGUENTEI E ME PASSANDO A MAO NA UNICA COISA QUE ENCONTREI ( UMA ESCOVA DE CABELOS ) MOLHEI AQUILO NA AGUA COM SABONETE E COMECEI A FORÇAR A ENTRADA NO MEU PROPRIO CUZINHO...ERA O MAXIMO: NO QUARTO MAMAE GEMIA E PEDIA MAIS PAU NA BUNDA E EU NO BANHEIRO ENFIAVA ATE O TALO O CABO DA DITA ESCOVA...EU DELIREI COM AQUILO. LEMBRANDO-ME HOJE DESCUBRO QUE AINDA TENHO POR COSTUME TOMAR BANHO COM O CABO DE UMA ESCOVA DE CABELO OU OUTRA COISA METIDA NO MEU RABO. BOM... A COISA NAO PARA AI! TENHO MUITO MAIS PARA CONTAR...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte sua fantasia