sexta-feira, 28 de maio de 2010

PRONTA PARA A VISITA

Conto de autor desconhecido


" Sou uma morena, modéstia à parte, muito bonita e muito gostosa e tive a sorte de me casar com um homem maravilhoso que adora que eu fique mostrando meu lindo corpinho para que outros homens fiquem babando. Meu marido sempre me incentivou a usar microsaias, decotes generosos, tanguinhas minúsculas e outras formas de mostrar minhas belas coxas e meu corpinho de violão.

Eu nunca me faço de rogada e sempre que posso uso e abuso de minha sensualidade para mostrar meus atributos e envaidecer meu marido que fica louco de tesão toda vez que sou cantada por outros homens.

Com o passar do tempo meu marido começou a demonstrar sua fantasia sexual que era de me ver transar com outro homem na frente dele, a princípio fiquei meio chocada com a idéia, porém as provocações dele passaram a criar em mim a mesma fantasia e passei a ver a idéia com outros olhos.

Depois de muito tempo aceitei a proposta porém precisávamos achar algum homem de confiança capaz de realizar nossa fantasia com toda discrição, respeito e carinho.

Imaginamos a transa com vários homens, amigos de meu marido, conhecidos, garotos de programa e estranhos mas ninguém nos parecia de total confiança e não conseguimos ninguém.

Após muito tempo, se mudou para nossa vizinhança um velho amigo do meu marido. Depois de muitas provocações comecei a ver meu vizinho, que passarei a chamar de Silvio, de outra forma.

Afinal ele é um rapaz muito bonito, atraente, corpo atlético e, segundo meu marido, sempre teve fama de "comedor". Pensei muito e acabei aceitando a idéia. Ricardo, meu marido, se encarregou de tudo, conversou com o Silvio e marcou um encontro em nosso apartamento para realizarmos nossa fantasia.


 

Chegado o dia tão esperado, coloquei a minha melhor e menor microsaia, uma delicada mini blusa que deixava minha barriguinha à mostra e por baixo apenas uma micro calcinha vermelha, usei o meu melhor perfume e fiz uma maquiagem perfeita, enfim, eu estava simplesmente um tesão de mulher, capaz de deixar qualquer modelo fotográfica com inveja. Fiquei no quarto aguardando os acontecimentos e após alguns minutos o Ricardo entrou e me convidou para ir para a sala enquanto o Silvio estava tomando um banho.

Ficamos dançando coladinhos e eu podia sentir o pau de meu marido totalmente duro roçando minhas coxas. Após algum tempo o Silvio entrou na sala e meu marido o convidou para que ele passasse a dançar comigo o que ele prontamente atendeu e o Ricardo saiu da sala e nos deixou sozinhos.

Silvio me pegou pela cintura e passamos a dançar uma musica lenta, eu podia sentir seu pau totalmente duro enconstado em minha barriguinha. Ele lentamente começou a acariciar meus cabelos e começou a beijar minha orelha e meu pescoço. Suas mãos começaram a acariciar todo meu corpo, ele passava sua mão em minha cintura, subia até meu seio e descia até encontrar minha barriguinha semi nua.

Trocamos o primeiro beijo e pude sentir sua língua ardente roçando o céu de minha boca, confesso que não imaginei que meu vizinho fosse tão gostoso. Entreguei-me totalmente a ele após muitos beijos, comecei a acariciá-lo, abri o ziper de sua calça e pude sentir em minha mão seu pau enorme que mais parecia uma pedra de tão duro.

Ele tirou a minha saia e a minha blusa e me deixou somente de calcinha e passou a mamar em meus seios , a beijar minha barriguinha e a acariciar minha bucetinha.

Fiz o mesmo com ele, tirei sua calça e camisa e deixei-o somente de cuecas, ele se sentou no sofá e eu me ajoelhei à sua frente e passei a dar pequenas mordidinhas em seu pau por sobre a cueca. Ele já estava gemendo de prazer quando tirei totalmente sua cueca e pude ver aquele pau lindo todinho para mim, ele era lindo, muito maior e mais grosso do que o de meu marido.


 

Meu marido? onde ele está? eu havia até me esquecido dele, mas não importa agora o que tinha que fazer era comer aquele homem lindo que estava à minha frente. Passei a lambeu seu pau lentamente até recebê-lo totalmente em minha boca, meu deus que delícia, nunca havia sentido algo assim antes.

Após algumas chupadas gostosas que foram retribuídas por meu lindo vizinho senti que meu marido tocou em minha cintura e enquanto eu chupava aquele pau gostoso ele colocou seu dedo em minha bucetinha totalmente molhada e nos convidou para irmos para a cama. Não pensei duas vezes, peguei o Silvio pela mão e levei-o comigo, eles me deitaram na cama e começaram a me dar um banho de língua, enquanto o Silvio se deliciava com minha bucetinha o Ricardo chupava meus peitinhos e me beijava como louco, gozei em pouco tempo.

Tentando retribuir aos meus dois homens pedi para o Silvio deitar-se na cama enquanto o Ricardo ficava nos olhando e se masturbando. Dei um banho de língua no Silvio e sentei em cima de seu pau que lentamente foi sendo engolido pela minha bucetinha totalmente lubrificada.

Senti aquele pau grosso e gostoso entrar totalmente dentro de mim e me entreguei a ele em um beijo longo e gostoso. Ele penetrou por muito tempo enquanto o Ricardo aproveitou-se da situação e colocou seu pau na minha boca, que delicia meu Deus, não podia imaginar que fosse tão gostoso.

Transamos assim durante muito tempo, ora eu era penetrada pelo Ricardo e chupava o Silvio e vice versa. Depois de já ter gozado sei lá quantas vezes, os dois me colocaram deitadinha na cama e cada um tratou de colocar o seu pau próximo à minha boca e me faziam chupar ora um ora outro.

Após algum tempo o Silvio gozou em minha boca com um jato que nunca vi igual, além de inundar minha boquinha ele ainda conseguiu derramar boa parte de seu líquido em meus seios e o Ricardo veio em seguida e fez a mesma coisa, nunca vi tanta porra junta, mas foi uma delícia.

Transamos ainda outras vezes naquela noite e hoje, sempre que podemos repetimos a dose.

____________


 

PRIMINHA NA MADRUGADA
conto de autor desconhecido


" Como costumam todas as ferias eu e meus primos e primas claro costumamos nos reunir em Julho na casa de uma tia no interior, mas como a idade ta chegando e o pessoal ta começando a trabalhar só fui eu da minha casa e duas primas e um primo, a prima com quem tudo aconteceu tem 1,72 de altura, cabelos loiros e olhos verdes alem e claro de seios entre médios e grandes e uma bunda bem redonda lizinha sem nem uma marca e mais ou menos do tamanho da Sheila e vou chama-la de Caroline.


 

Mas tudo começo quando dividimos quem iria dormir aonde, ficou eu e ela na casa da minha tia que e uma mansinha de 4 andares e a irmã dela e o outro primo na casa da vovó. O quarto da mina tia e no 2º andar e nos ficamos no mesmo quarto no 4º andar. Ela sempre me provocava pq sabia que eu babava por ela (quem não babaria) e tínhamos uma conversa muito aberta.

Quando foi no Sábado (nós chegamos na Terça ) meu tio e minha tia subiram para dormir e Carol foi tomar banho ficando eu assistindo tv sozinho no 1º andar. Mais ou menos meia hora depois desse ela só de camisola bem transparente ao ponto de eu perceber que ela estava com uma calcinha minúscula.

La pelas 00:30 começo e cine prive e estamos nos dois ali sozinhos e o filme começo a ficar quente eu percebia inquietude dela e o tesão se florindo no seu corpo já exalando um cheiro de amor. Mas não passou disso, ate quando acabou o filme, desligamos a tv e subimos conversando sobre o filme.

Quando chegamos no quarto tirei a camisa e deitei na minha cama ainda excitado e ela deitou na cama do lado após apagar a luz. Após uns vinte minutos deitados ainda estava acordado e comecei a perceber um leve gemido, olhei para o lado e era ela se masturbando já com uns 3 dedos cravados na buceta.

Eu novamente me excitei e fiquei de pau duro mas ainda fingia que dormia, se ela percebeu ou não eu não sei so sei que passados uns dois minutos ela de levantou e veio pro lado da minha cama antes tirando a calcinha.

Chegou proximo ao meu peito e se sentou sobre ele com as pernas abertas e veio chegando de vagar pra frente até chagar com aquela coisa maravilhosa sobre minha boca ai não deu mais pra fingir que eu dormia e abocanhei a aquilo que eu jamais tinha desejado na vida, aquela buceta tão linda e cobiçada.


 

Nisso a gente já não se importava com mais nada e seguimos em frente, depois dela gozar na minha boca uma 3 vezes ela chegou pra traz até chegar em cima do meu pau e tirou pra fora e sem cerimonias levantou o quadril e sentou na minha pica que tem mais ou menos uns 19cm e chegou na metade e tentou parar mas como tava muito molhada não deu e eu rasguei ela inteira, ela meio doída não ligou muito e começou a me cavalgar me fazendo gozar umas 2 vezes dentro dela.

Ela se levantou e se deitou do meu lado, passados uns dez minutos eu pensei, e hj que eu a aquela bunda dos meus sonhos ou não comio mais. Comecei então a aliza-la a bunda que logo ficou arrepiada, me levantei me encaixando atrás dela como a boca já dentro da sua bunda chupando seu cuzinho lindo e muito gostoso.

Após babar bastante aquele cuzinho maravilhoso apontei a cabeça do pau na entrada dele, no 1º momento ela tentou resistir mas logo depois rasguei novamente e fiquei ali bombando uns dez minutos ate que lhe disse que ia gozar então ela num movimento brusco se virou e abocanhou meu pau num maravilhoso boquete ate que eu explodi no maior gozo da minha vida.

Após isso tudo ele bebeu toda minha porra e se deitou do meu lado, e sendo assim durmimos ali agarradinhos anoite toda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte sua fantasia